segunda-feira, 25 de outubro de 2010

palavras

e como se eu tivesse me vendo de longe , e esperando a lagrima cair devagar , como não quer cair , pois não teria como levantar , porque toda vez que fexo os olhos , nada mais existe tudo foi embora , mais eu não quero essas coisas , ainda não me lembro todas aquelas faces nem suas faces , nem porque deixei elas entrarem na minha vida , não quero somar quero multiplicar ,  são só palavras , o ontem não ficou lá trás assim como seu cheio no meu travisseiro , não há nada que eu nunca disse e o quanto eu te amo , porque  sem pre nos machucamos ? e nós levamos por palavras pequenas , que são tão faceis dizer pra quem já quer escutar . são só palavras que se espelham e machucam ou engano , assim como seus olhos me fazer fugir , as vezes seu toque me entorpece , tanto pra dizer meu amor , não estou bem , porque sempre ficamos longe do que mais nos faz falta , asm como ar me parece vitál , são só palavras eu ainda não te disse eu te amo , acho que isso é pouco pro que eu sinto , o amor não se resume em quatro letras bem faceis de dizer , são só palavras .

Nenhum comentário:

Postar um comentário